MANIFESTO DA DIRECÇÃO: Este blogue “www.sortesdegaiola.blogspot.com”, tem como objectivo primordial só noticiar, criticar ou elogiar, as situações que mais se distingam em corridas, ou os factos verdadeiramente importantes que digam respeito ao mundo dos toiros e do toureio, dos cavalos e da equitação, com total e absoluta liberdade de imprensa dos nossos amigos cronistas colaboradores.

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Dr. L. Pombeiro -..P'ra que a terra....

P'ra que a terra não esqueça - Dr. Luís Pombeiro



Conheci com o meu amigo Zé Zuquete, o Dr. Luís Pombeiro em casa de Mestre Batista, quando ele muito jovem era cavaleiro tauromáquico amador. Daí para cá, pese embora a diferença de idades, fomos alicerçando uma sólida amizade, embora muitas vezes não estejamos de acordo, quer em temas tauromáquicos quer na coisa politíca.

Sobressai na sua personalidade, uma inteligencia forte, uma esperteza rara, uma cultura acima da média, um senso de humor refinado e um enorme espirito empreendedor, Todo este conjunto de atributos leva a que não perca tempo com a inveja, quer esteja na vida por cima ou por baixo, porque o que verdadeiramente lhe interessa é a luta consigo mesmo.

O meu amigo Luís é um conhecedor profundo do cavalo de toureio e do toureio a cavalo, mas tem neste tema um incontrolável horror á mediocridade atrevida... como eu o compreendo...


Tem das amizades e das convivências, a noção das distâncias e do sitio.

A montar carteis, assiste-lhe um  sexto sentido que emana do sentir das terras e das gentes.

Como critíco, escreve sem erros, o que cada vez é mais raro, não diz vulgaridades, e fundamenta o que diz.

Como cronista, cada peça escrita por si é uma pedrada no Charco.

Do seu humor, ressalta o  hábito de volta e meia pregar umas partidas, vulgo engatar, e eu próprio já fui vitima várias vezes.

A sua irrequietude, é uma forma de estar que reflecte inconformismo...

Conhece como poucos o mundilho por dentro, e se um dia decidisse falar,  abrir o saco, cairia o "Carmo e a Trindade...

Faz parte da sua personalidade não se encostar aos fortes só porque são fortes...

Manter um jornal semanal durante a época taurina, é um serviço inestimável que presta á festa, tal como a forma como dinamizou e deu visibilidade á Festa na Idanha.

Como tipo inteligente, o Luís gosta de discutir nem que seja com ele próprio, por saber que assim se aprende, mantendo-se num eterno processo de transformação cognitiva e opinativa, praticando a arte da retórica e da discussão., e a sua curioosidade, por vezes muito incomoda, revela sede de conhecimento, querendo assim desbravar o desconhecido para conquistar sabedoria.
Eu sou amigo do Dr. Luís Pombeiro, com ele aprendo sempre, só não aprendo sobre o conceito de amizade, porque nisso somos coincidentes...
Estão aqui explicitas , as razões porque escrevi do Dr. Luís Pombeiro "P'ra que a terra não esqueça"...